Despertar da Semana

O Despertar da semana é para os BRAÇOS

Braços1.jpg

Falar dos braços é falar de muitas coisas!

Eles são molduras do nosso corpo! Com eles fazemos lindos desenhos no espaço!

5f862d3613a501c7d19061632b59acfb.jpg


São as "ramificações do coração", "nossos galhos" simbolizado pela a árvore corporal. Neles há força que vem do coração e a leveza que vem dos pulmões.

9ce71a06b0577484e051ce4bbb2753bc.jpg

Precisamos trabalhar exercícios de força para sustentarmos as cargas que usamos no dia a dia. E se pararmos para pensar, elas não são tão pesadas, mas sim exaustivas e repetitivas. Quando ficamos muito tempo no computador, fazemos o trabalho do dia a dia (lavar, cozinhar, passar, arrumar a casa), tocamos algum instrumento musical (violão, bateria, tambor)etc, estamos usando uma carga repetitiva em nossos braços, por mais que não sejam uma carga tão pesada, como carregar excesso de peso (apesar que as bolsas femininas, entrariam neste quesito de carga pesada). Precimos emocionalmente fortalecer os nossos braços para sustentar o verdadeiro amor, aquele que acolhe tudo com gratidão dentro do coração.


Mas também precisamos trabalhar os exercícios de flexibilidade e mobilidade dos nossos braços. Alongar a musculatura para abrir os espaços das fibras musculares que ganham um comprimento adequado junto dos prolongamentos dos ossos. Mobilizar ou movimentar para obtermos as perfeitas amplitudes de movimentos, crecimento e nutrição dos pontos articulares. Neste sentido, os braços nos fornecem a leveza e a liberdade de ser quem se é, de abrir um espaço interno no peito e deixar o brilho do coração falar mais alto do que a razão.


Os braços nos ajudam a conectar com o equilíbrio do corpo entre o lado direito e esquerdo. Perceba: se você ficar em pé sobre uma perna, vai conseguir melhor manter esse equilíbrio com os dois braços abertos na lateral. E depois de achar o ponto de equilíbrio eles podem se encontrar em qualquer lugar do espaço e fazer lindos desenhos no ar.

97fd3e8e6de781e9d9395e0241ac6508.jpg

Louise Hay, nos conta que os braços despertam o acolhimento com alegria e as grandes habilidades para abraçar todas as experiências da vida.


Para mim, os braços falam da FORÇA AMOROSA. Algo que casa a energia yang (masculino) com a energia yin (feminino).


Quando acharmos esse ponto de equilíbrio trazidos simbolicamente pelos nossos braços, podemos dançar a vida livres, leves, soltos porém firmes, concentrados e presentes!



Vamos apreciar os nossos braços e observá-los nesta semana o eles têm a nos "contar".

Abraço 2.jpeg

beijos

Amanda

Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square